Notícias

O Verdadeiro Poder – Práticas de gestão que conduzem a resultados revolucionários

O livro relata, por meio de cases e exemplos onde o autor esteve diretamente envolvido, todas as questões importantes para que uma empresa ou projeto possa se desenvolver e crescer. O texto esclarece, com grande didática, quais os pontos de sucesso que estão por trás do crescimento saudável e do saneamento de grandes empresas e instituições governamentais. Em outras palavras, Vicente Falconi revela o que está por trás dos resultados alcançados.

De fácil e agradável leitura, o livro relata as experiências do autor os anos de 1997 a 2009, período em que atuou como conselheiro em empresas como a AmBev e Sadia, além da sua intensa atuação em projetos de gestão dos governos municipais, estaduais e federal, juntamente com a equipe de consultores do INDG.

Este livro está disponível na Biblioteca da TEC CAMPOS Incubadora de Empresas.

Venha nos visitar!

Abraços,

Adriana Crespo
Gerente

Empresa incubada lança novo produto

RISCO ZERO DE ACIDENTES NOS CILINDROS DE PADARIAS

Criado recentemente pela equipe “I9dade” um equipamento de proteção contra acidente em cilindro de Padaria e Pastelaria, que adaptado às máquinas sovadoras, elimina riscos durante o preparo do popular pão francês. 
Os empregados das panificadoras enfrentam diariamente, o perigo de terem suas mãos “esmagadas” pelos rolos de prensagem das máquinas sovadoras, tendo agora a oportunidade de livrarem-se destes riscos, ao usarem este recém criado equipamento. 
Na ilha de produção, longe dos olhos do consumidor, tem sido frequente os acidentes de trabalho no processo de produção da massa, e para minimizar os riscos nas mais de 63 mil padarias (ABIP) existentes no Brasil, este equipamento foi desenvolvido, considerando que nem tudo é tão saboroso no caminho entre sua produção e o consumo. 
Mesmo demonstrando habilidade e destreza os acidentes acontecem, como no caso de Josimário, ajudante de padeiro na cidade de Campos dos Goytacazes-RJ, que teve sua mão direita presa na máquina e, em consequência, teve três dedos amputados. “Com o passar do tempo, acabei por me adaptar a essa nova condição e consigo realizar minhas tarefasb diárias. Mas o apelido de ‘sete dedos’, eu ainda carrego”, conta ele, que atualmente é empresário rural criador de bovinos. 
Para a massa ficar pronta, o padeiro deve jogá-la várias vezes no cilindro, até chegar o ponto ideal, e com frequência, a massa fica grudada e o padeiro usa a própria mão próxima da zona de risco para empurrá-la. 
Este novo equipamento produzido em aço inox de acordo com a NR12, pode ser colocado em poucos minutos, na parte inclinada dos cilindros de qualquer marca (antigo ou novo), possui uma correia transportadora que conduz a massa até os rolos sovadores, sem que haja necessidade do padeiro empurrar a porção de massa – movimento que, por ora, coloca em risco estes trabalhadores. 
“Uma invenção que funciona por gravidade dispensando o uso de energia: pois uma pequena quantidade é suficiente para acionar a correia, que a conduz a porção de massa até os rolos compressores”, explica Noel Junior, ao lado de Paulo Paes e Eduardo Póvoa, coordenadores do projeto. 
Outra vantagem é que o equipamento ajuda a deixar o ambiente limpo, na medida em que não haverá mais necessidade de pulverizar trigo, que forma crostas de sujeiras nas máquinas (sujeita a proliferação de bactérias).Os cilindros atualmente são fabricados com dois botões de segurança para rápida frenagem dos motores, em caso de emergência. O certo seria o funcionário acionar um destes botões, caso a massa grudasse, mas para não atrasar o serviço e por achar que sua mão nunca será puxada pelos rolos, a maioria dos padeiros não desliga o cilindro para desgrudar a massa, prefere empurrar com a mão, próxima da zona de risco. 
Além das padarias, um tamanho menor foi desenvolvido para eliminar o risco de acidentes também nas pastelarias e pizzarias que existem em todo Brasil. 
Durante quatro anos de pesquisas, avaliações e ajustes, o novo equipamento já está pronto, com patente requerida no INPI para ser produzido separadamente ou acoplado aos cilindros novos ainda na fabricação. “Nosso objetivo, a partir de agora, é buscar parcerias com os tradicionais fabricantes, a fim de inserir o Rio de Janeiro como o principal exportador de tecnologia Inovadora para a indústria panificadora. 
Esta é a primeira de muitas outras criações e inovações que estão sendo desenvolvidas pela equipe de inventores, adianta o empreendedor”.Paes também informa que o projeto “i9dade” encontra-se instalado na Tec Campos Incubadora, no campus da UENF – Universidade Estadual do Norte Fluminense, e desenvolve-se com recursos do programa de Auxílio a Projetos de Inovação Tecnológica (ADT 1) da FAPERJ – Fundação de Apoio a Pesquisas do Estado do Rio de Janeiro, para pesquisas e construção de protótipos. 
Com base no slogan “Alguém precisava inventar alguma coisa diferente para modernizar as Padarias”, “i9dade” busca a melhor forma criativa de dinamizar os equipamentos para um novo conceito em panificadoras em todo Brasil” proporcionando mais segurança para o trabalhador, qualidade do produto, automação e higienização do processo de produção, agregando valores ao adotar formas inovadoras de sustentabilidade para o setor. 
O projeto mantém no site www.i9dade.com.br todas as informações sobre o equipamento e as demais novidades que estão por vir, além do canal “i9dade” no YouTube, Facebook e outras mídias sociais, trazendo vídeos explicativos sobre o equipamento de proteção contra acidentes em máquinas sovadoras.